domingo, 7 de novembro de 2010

Humanizem-se

Apesar de muitas iniciativas de empresas públicas e privadas que priorizam o trabalho digno e a qualidade de vida de seus empregados, o trabalho ilegal e explorador ainda faz parte do cenário trabalhístico mundial.
Homens, mulheres e crianças que trabalham como animais em condições precárias em troca de um prato de comida e um lugar para dormir têm sua dignidade, e mais, sua humanidade manchada e colocada em exposição no mural vergonhoso da exploração.
O trabalho enobrece o homem. É o sustento, é a independência. Ele jamais deve ser praticado de forma abusiva e exploradora. É por isso que se faz necessária a humanização e a conscientização dos empregantes  para que as limitações e as necessidades de cada trabalhador sejam fatores primordiais em qualquer ambiente de trabalho. Políticas públicas e privadas também devem estar presentes assegurando os direitos e deveres de cada trabalhador.
A humanização é a palavra-chave para que isso funcione e que a construção da dignidade humana no trabalho seja possível. Humanizar-se é saber respeitar e compreender os limites e necessidades de cada um. É também colaborar no que for possível na melhoria e no desenvolvimento do próximo. Dessa forma - com seus direitos assegurados e sua qualidade de vida garantida - os trabalhadores desempenharão melhor suas funções garantindo benefícios para ambos os lados: o empregador e o empregado.
É disso que a humanidade precisa. Só assim o ser humano será respeitado pela grandeza e importância de sua existência independentemente de sua classe, profissão, cor ou idade. 
E para que tal feito seja possível, a proposta é simples: humanizem-se.




Mais um ano e eu aqui no ENEM de novo! Dessa vez a proposta da redação era O TRABALHO NA CONSTRUÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA. Esse ano eu achei mais complicado que no ano passado. Passei cerca de 2 horas pra redigir a redação e mesmo assim não gostei muito do resultado final, mas foi o que deu pra fazer com o tempo e o raciocínio que eu tinha lá na hora. Enfim, o texto ta aí. Só pra registrar mesmo!

5 comentários:

Jana Matias disse...

-
Mas Catt, eu ADOREI teu texto!
argumento muito forte, de que realmente é um pouco de humanidade que a sociedade precisa para que as coisas aconteçam da maneira adequada.
Pra mim, voceê sempre escreve bem.
Com muito ou com pouco raciocinio, SEMPRE BEM, entendeu? *-*

e boa sorte ness ENEM chei de complicações --'
(L)

Leon K. Nunes disse...

Fiz um comentário enorme aqui mas deu erro e perdi tudo... que belo azar, o meu...

Vou deixar apenas minhas saudações, desta vez. Mas eu voltarei para compensar essa falha.

Sucesso no Enem e nas outras veredas da vida.

Mel Almeida disse...

Ah, mas ficou um ótimo texto, sim! :D
Humanização é o que mais precisamos e, infelizmente, o que mais nos falta.

boa sorte, Bruna! ;)

=**

@seuslim disse...

Ironia é ver você envolvida em Letras e deixá-las de lado aqui no blog. Sentimos sua falta.

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

Postar um comentário