domingo, 6 de dezembro de 2009

A ética no Brasil.

Nos dias de hoje é comum ouvir, cotidianamente, frases como: "político corrupto", "tudo acaba em pizza mesmo!", "deputado ladrão!", entre outras frases que protestam a desonestidade no país. Há tempos o povo brasileiro, de uma forma geral, associa a corrupção e falta de ética apenas aos profissionais ligados à política. Mas onde se enquadra o famoso "jeitinho brasileiro" - prática comum entre os habitantes deste país? Esta, não seria também uma forma de falta de ética?
Na realidade a concepção de ética no Brasil é tida de uma forma bastante deturpada. Jogar lixo nas ruas para não se sujar e nem ter que pôr na bolsa; pisar na grama para chegar mais rápido do outro lado; "colar" na prova para não repetir o ano escolar; faltar ao trabalho por preguiça e inventar uma mentira como desculpa, e tantas outras formas de burlar as regras para "sair na vantagem" são vistas pelos brasileiros como maneiras rápidas e eficazes de se livrar de eventuais problemas do dia-a-dia.
São estas pequenas infrações que corrompem a ética nacional em todas as camadas da sociedade. É por esse motivo que há quem diga que o mal do Brasil é o brasileiro.
É tempo de repensar a idéia que se tem sobre ética e deixar de lado o velho "jeitinho brasileiro". Os direitos e deveres devem ser respeitados por todos, nos menores atos de ética. Afinal, que moral tem um cidadão corrupto para acusar um político corrupto?
Se cada cidadão exercer a ética, estará assim respeitando os direitos humanos seus, e de toda a sociedade. Sem corrupção, sem desonestidade, sem "jeitinho brasileiro".


Bruna de Sousa

Esse foi o texto que consegui elaborar,hoje, na prova do ENEM.
A proposta de redação era O INDIVÍDUO FRENTE À ÉTICA NACIONAL.
Espero que vocês e a banca examinadora gostem. Que nota você me daria, han? 

17 comentários:

Tutu .:® . disse...

good job man!

Francisco disse...

Foi muito bom. Bem realista. Aposto que muitas pessoas só lembraram dos políticos nessa hora.

10!

Up disse...

Nuss... muito show, ainda bem que não trouxe a minha pra não passar vergonha o/

Jana Matias disse...

-
Que vocc escrevia bem isso eu já sabia,
mas que vocc escreevia MUITO BEM, ai foi comprovado agora! {:
Isso não é um assunto muito facil de falar,
maas, vocc soube muito bem por sua opinião!
Adoreeo Bruninha! (yn)

djincognitotribhouse disse...

Caraca Bruninha, ficou muito boua mesmo.
"Que vocc escrevia bem isso eu já sabia,
mas que vocc escreevia MUITO BEM, ai foi comprovado agora!" [2]
Nota máxima para seu texto, uma linha de pensamento que acho que poucos teriam nesse momento [90 questões e uma produção textual, aff Deus me livre].

Enfim, grande beijo pra você, até breve!!

Mel Almeida disse...

Palmas!
Essa menina é um gênio!
Concordo com todos os comentários acima
e tenho certeza que você se destacará das demais
redações, pois saiu do praxe!
Abriu sua linha de raciocínio para o que
poucos pensaram, tenho certeza!
Sem falar no texto pra lá de bem escrito. =D

Parabéns Bruna!
Adorei.

Com certeza minha nota é 10!

BeeeijO

Ewerton SA disse...

Rainha, tu é bosta do mitológico jegue dourado!
uahahahha

Ótima! Parabéns...
Como sempre vc arrasa nas palavras e receberá a maior nota, pode crer!

;D

Bjão, te adorO (F)

Aparecida Sousa disse...

Concordo com tudo que foi dito anteriormewnte e ainda acrescentooo
NOTA MILLLLLL
NÃO TERIA FEITO MELHOR!

PARABÉNSSSS

RobertoArαujo disse...

Bruuuuunaaa! :O
Parabéns!!
Texto muito muito bom!
Parabéns!

Melqui disse...

huuuum só ñ eh 10 pq nunca eh 10 :B
ei tu se superou visse? otima critica a respeito do agir brasileiro e da hipocrisia do mesmo com relação a etica, além do que você abordou o tema de uma forma original!
continua assim menina!

Jaime Guimarães disse...

Oi, Bruna!

Que é isso, não deprecie o seu texto, está muito bom mesmo! Deverá obter uma boa nota, sim. Está coerente, equilibrada, demonstra que tem conhecimento para argumentar sobre o tema ( na verdade, sobre qualquer tema, pelo o que percebo. Parabéns!)

Eu apenas faria uma ressalva quanto às perguntas/respostas presentes no texto. É algo pessoal, mas eu não gosto muito. Isso pode passar ao leitor a impressão de que o escritor "direciona" o texto para que só ele, escritor, tenha razão.

Não acredito que a banca vá "encher o saco" rs por conta disso, não.

Parabéns, Bruna! Muito bom!

Bj!

PS: seu blog merece ser divulgado sim, ora pois! :D

Layz Costa disse...

É verdade, é muito comum falar de corrupção mas a gente nunca se lembra dos pequenos delitos, dos pequenos escorregões, do jeitinho brasileiro.
A mudança começa em nós!
Amei o texto, o blog e a sua visitinha! =)
Volte sempre. =*

A... disse...

Muito bom! ^^

Amós Barros Web Designer disse...

D++++ sem comentários.

thiago disse...

muito bom, me serviu de inspiração para meu artigo
nota 10!

FABIO IRIS Iris disse...

show!

Márcia Donadio disse...

Fantástico! Simples, claro e bem escrito! Posso (com ética, claro!) roubar???

Postar um comentário