terça-feira, 27 de outubro de 2009

O que o vento não levou...

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo, um carinho no momento preciso, o folhear de um livro de poemas, o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

Mário Quintana

4 comentários:

Joyce Pfrimer disse...

o mário é foda! muito bom!

=*

Mel Almeida disse...

Tá aí uma verdade!
Essas coisas são as que sempre ficam...
Mas são as melhores!

As pequenas coisas... =)

;***

Eto'o disse...

LindO, a mais pura verdade!

Já dizia Alexandre, "O Grande", també conhecido como "Chorão":

"Só não podem me tirar as coisas boas que eu já fiz pra quem eu amo..."

Essas não há vendaval que carregue! ;D

=*

Mone disse...

Isso me lembra Xuxu *---*

Postar um comentário