terça-feira, 9 de junho de 2009

What A Wonderful World...

Hoje tive uma longa conversa sobre diversos assuntos e aprendi mais uma coisa, das muitas outras que hei de aprender na vida: Por mais impossível que as coisas pareçam, você sempre pode SONHAR.
Se dê ao luxo de sonhar. Não se prenda ao impossível.
Tudo é possível para aquele que ACREDITA, que tem Fé.
Quando falo em sonhar, não estou me referindo a coisas do tipo: ser modelo quando crescer, possuir uma casa própria, se formar em medicina ou até mesmo conhecer a Britney Spears.
O sonhar que me refiro, é desejar o bem e esperar coisas boas não só pra si, mas pra todos. Sonhar com um mundo melhor, sabe? Soa como um clichê dizer isso, mas no fundo, quem não gostaria que isso se tornasse verdade?
Um mundo melhor... já parou pra pensar porque o mundo é tão "mau" assim?
Ele só é o reflexo de nós mesmos. É o reflexo de tudo que fazemos ou deixamos de fazer.
Não costumamos desejar o bem comum. Primeiro vem o que é nosso, depois os outros. Creio que é isso que nos impede de ter os sonhos dos quais me refiro.
Sabe, sempre acreditei que não poderíamos mudar algumas coisas que se passam neste mundão de Deus. Que não teríamos escolha de acabar com as guerras entre Israel e a Palestina, não poderíamos acabar com a fome e a miséria, não poderíamos acabar com a desigualdade social, não poderíamos acabar com a dor e o sofrimento de tantas pessoas espalhadas pelo mundo inteiro.
São tarefas aparentemente impossíveis nos tempos de hoje. Mas algo me fez acreditar que NADA é impossível para aquele que acredita. Só precisamos ter a consciência do nosso papel neste mundo, e creio que poderemos fazer bem mais por ele. É nossa missão promover um mundo melhor. Nós podemos, nós devemos.
Tudo pode ser bem mais simples. É só querer.
Lembro-me de quando eu fazia a 7ª série. Certo dia, estávamos todos na sala de aula, quando a professora de inglês colocou uma música pra tocar. Quando a música acabou, ela pediu para que desenhássemos coisas que simbolizassem o que tínhamos acabado de ouvir.
Desenhei um parque, onde haviam flores, árvores, um céu azul, pessoas brincando, bebês com suas mães... Lembro que fiquei muito orgulhosa do mundo que acabara de fazer. Era um mundinho bem simples, confesso, mas de longe via-se que era muito feliz.
Seria tão simples se pudésemos desenhar assim o mundo que a gente vive. Mas de certa forma, nós podemos. Só é preciso sonhar...
Quando aprendermos a sonhar, enxergaremos verdadeiramente o quão maravilho é este mundo e o quanto ainda podemos fazer por ele.
Gostaria de ter colocado aqui o desenho que fiz, mas ele se perdeu no tempo.
Espero que essas palavras, não se percam no tempo também.
Ah, sabe qual era a música? What A Wonderful World.
Originalmente ela é em inglês, mas aí 
está a tradução:


Que Mundo Maravilhoso

" Eu vejo as árvores verdes, rosas vermelhas também.
Eu as vejo florescer pra mim e pra você.
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso!
Eu vejo os céus azuis e as nuvens tão brancas.
O brilho abençoado do dia, e a escuridão sagrada da boa noite.
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso!
As cores do arco-íris, tão bonitas nos céus
Estão também nos rostos das pessoas que se vão
Vejo amigos apertando as mãos, dizendo: "como você vai?"

Eles realmente dizem: "eu te amo!"

Eu ouço bebês chorando, eu os vejo crescer

Eles aprenderão muito mais que eu jamais saberei
E eu penso comigo... que mundo maravilhoso!
Sim, eu penso comigo... que mundo maravilhoso! "

PS.: Esse texto foi escrito por mim e para mim.
Quero ler, reler e ler de novo. Espero que ele fique em minha memória por muito tempo.

CRÉDITOS

What A Wonderful World -
Louis Armstrong

2 comentários:

J.s.K disse...

há coiass que precisam ser lidas, relidas e lidas novamente e zaz zaz zaz. :]

J.s.K disse...

Sonhos... confesso que não sei viver sem eles, e confesso que não sei deixar de sonhar, a cada dia durmo e acordo com um sonho novo na cabeça. Preciso sonhar, é de sonhos que vivo.

Postar um comentário